Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso.

Compreendi
A partir da perspectiva  das pessoas com doença e cuidadores, serão discutidas questões relacionadas com o uso dos medicamentos e a intervenção farmacêutica:
Adesão à terapêutica e gestão de reações adversas
Administração de medicamentos a crianças
Priorização na gestão da doença
Partilha da decisão terapêutica
Relação cidadão-profissional.

Destinatários:
Farmacêuticos 
Estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas 
Representantes de Associações de Pessoas com Doença e outras organizações da sociedade civil 

Programa


18:00

À conversa com:
Moderação / Sofia Crisóstomo
    • Elsa Mateus (LPCDR) / Desmistificar receios e gerir reações adversas aos medicamentos
    • Catarina Figueiredo (PSO Portugal) / A terapêutica (às vezes) não é uma prioridade
    • Ana Pais (ANDAI) / Estratégias para administrar medicamentos a crianças
    • João Bello (APDPk) / A partilha da decisão na alteração da terapêutica
    • Alexandra Costa (APDP) / Construir uma relação de parceria com os profissionais de saúde

19:00

Implicações para a intervenção farmacêutica / Filipa Alves da Costa (Ordem dos Farmacêuticos) /Luís Lourenço (Grupo Profissional de Farmácia Comunitária) 

19:30

Debate