Política de Cookies

Este site utiliza Cookies. Ao navegar, está a consentir o seu uso. Saiba mais

Compreendi
DNF 2021

Homenagens

Homenagens

Medalha de Ouro

A Medalha de Ouro da Ordem dos Farmacêuticos constitui o mais elevado grau de reconhecimento e distinção concedido pela Ordem dos Farmacêuticos, podendo ser atribuída a título muito excecional e sempre que sejam preenchidas as condições da cláusula 3.ª do Regulamento de Atribuição de Distinções.

Destina-se a distinguir individualidades e instituições que, pela sua acão nos planos académico, profissional ou social, tenham contribuído, com particular destaque e reconhecido mérito, para a valorização e o progresso das Ciências Farmacêuticas ou se tenham distinguido de modo extraordinário na área da Saúde e ainda farmacêuticos ou outros cidadãos que, pela sua grande dedicação e elevado mérito, tenham contribuído de modo extraordinário para a valorização da atividade farmacêutica no seio da sociedade.

A Medalha de Ouro da Ordem dos Farmacêuticos deverá ter um banho de ouro sobre liga metálica e incluir os dizeres "ORDEM DOS FARMACÊUTICOS” e o símbolo da Ordem dos Farmacêuticos, na frente, devendo no verso conter o nome do homenageado e o ano de atribuição. A Medalha de Ouro da Ordem dos Farmacêuticos será suspensa por um colar de fita roxa.

Medalha de Honra

A Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos destina-se a distinguir farmacêuticos ou outros cidadãos que, pela sua grande dedicação e elevado mérito, tenham contribuído, de modo extraordinário, para a valorização da atividade farmacêutica no seio da sociedade. Destina-se também a ser atribuída a farmacêuticos que, tendo sido titulares dos Órgãos Sociais da Ordem dos Farmacêutico, desenvolveram uma ação extraordinária, com particular destaque e reconhecido mérito, na defesa e reforço do prestígio da Ordem dos Farmacêuticos.

A Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos pode também a ser atribuída a individualidades e a instituições que, pela sua ação nos planos académico, profissional ou social, tenham contribuído, de modo extraordinário, para a valorização e o progresso das Ciências Farmacêuticas ou que se tenham se tenham distinguido, de modo extraordinário, na área da Saúde.

A Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos deverá ser de uma liga nobre e incluir os dizeres "ORDEM DOS FARMACÊUTICOS” e "SOCIEDADE FARMACÊUTICA LUSITANA” na frente e em redor, devendo no verso conter o nome do homenageado e a data de atribuição. A Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos será suspensa por um colar de fita roxa.

A sua entrega da Medalha de Honra da Ordem dos Farmacêuticos deve ocorrer com a devida solenidade, acompanhada do respetivo título de outorga.

Medalha de 50 Anos de Profissão

A Medalha dos 50 Anos de Profissão destina-se a distinguir os farmacêuticos que tenham exercido a sua profissão durante, pelo menos, 50 anos sem punições.

A Medalha dos 50 Anos de Profissão deverá ser de cobre, incluir os dizeres "50 ANOS ACTIVIDADE PROFISSIONAL” na frente e "ORDEM DOS FARMACÊUTICOS” no verso e deve estar suspensa na lapela por fita roxa.

A entrega aos homenageados deve ocorrer anualmente, com a devida solenidade, nas comemorações do Dia do Farmacêutico, podendo também ocorrer por ocasião de outra cerimónia considerada adequada, devendo ser acompanhada do respetivo título de outorga.

Prémio "Sociedade Farmacêutica Lusitana"

O Prémio Sociedade Farmacêutica Lusitana pretende homenagear os estudantes de Ciências Farmacêuticas que finalizaram os estudos com as classificações mais elevadas.